Você precisa saber disso!



Alguns diálogos nos marcam tanto a ponto de termos a responsabilidade de passarmos a

mensagem adiante. Como nesta reunião inicial de projeto por exemplo:

- Li uma entrevista sua, dizendo que vocês querem crescer 30% esse ano. Poderiam me

falar um pouco mais?

Um dos diretores disse: "Olha, vai ser um baita desafio, porque...".

Enquanto isso, o outro diretor mencionou obstáculos ao crescimento:

"Do jeito que está hoje, vai ser difícil".

Fiquei impressionado com as informações que uma simples pergunta conseguiu trazer!

Aquilo me animou a continuar.

Olhei para o relógio, já havia passado 20 minutos. O CEO me disse que só tinha 15. Olhei

para as minhas anotações e formulei a segunda pergunta que tinha planejado:

- E como sua equipe comercial pretende alcançar esse crescimento?

Aí a casa caiu!

Eles citaram várias deficiências da equipe, técnicas e comportamentais, além de muitas

dúvidas em relação a adequação da empresa à LGPD, o que diminuía o seu alcance e

logo, o lucro. Àquela altura já tinham transcorrido 40 minutos.

E aí veio a terceira pergunta, o tiro de canhão:

- Se as coisas continuarem assim, qual será o crescimento até o fim do ano?

Fez-se um silêncio sepulcral. Eles reviravam os olhos para os lados e para cima, buscando

uma resposta e eu acompanhei o silêncio. Não posso interromper esse momento

precioso.

Logo depois, veio a resposta implacável:

- "Se nada mudar, crescemos 10% e olhe lá!"

Naquele instante, percebi uma coisa: Eles tinham se dado conta da necessidade de

mudar.

A sinceridade dos diretores em admitir as deficiências do negócio foi crucial para

entendermos o que precisaria ser feito para seu comercial atingir as metas de lucratividade

do ano.

Se você ficou curioso para saber sobre outros fatos desta reunião ou tem dúvidas sobre a

Lei Geral de Proteção de Dados, deixe seu comentário.


Segue meu contato direto de e-mail: vicente.goncalves@dataalliance.com.br para conversamos sobre o texto e para que você tire suas dúvidas sobre a LGPD.


Sucesso e boas vendas, caríssimo gestor!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo